Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A vida é capaz de nos surpreender

Hoje venho falar de um tema comum a muita gente e com isto pretendo demonstrar que de facto quando menos esperamos a vida é capaz de nos surpreender da melhor maneira possível.
No que toca a amizades sabemos bem que o mais importante é a qualidade, algo quase em via de extinção, mas ainda existem pessoas que fazem tudo valer a pena. Este Verão, e a passar por um período muito conturbado, posso dizer que fui presenteada com uma verdadeira dádiva de Deus, a ajudar a amenizar as coisas menos boas e a ter mais a certeza de que há laços para a eternidade.

Nunca fui muito tempo de "colecionar" amigos pois sei que tenho mais conhecidos, aliás como muitos de nós. Amigo para mim é uma palavra muito forte, não se pode dizer em vão e há que passar pelo cabo das tormentas para saber quem são os verdadeiros. Felizmente tenho duas amigas há mais de 20 anos, já dos tempos da faculdade, e apesar da distância física há uma ligação inexplicável: elas estão lá e eu estou aqui. Somos ligados pe…
Mensagens recentes

Aproveitem a promoção literária

Para pessoas que, tal como eu, adoram ler mas acham uma exorbitância o preço dos livros (depois queixam-se que as pessoas não lêem quando mesmo em feiras de livros nos deparamos com preços a rondar os 10, 15 euros por obra), nada melhor do que aproveitar a promoção da revista Lux. Por apenas 3.99€ podem adquirir títulos bastante interessantes....façam como eu que, de uma assentada, comprei dois e já comecei a minha primeira leitura intitulada "Maria Madalena - biografia" de Bruce Chilton. Posso dizer que estou a adorar e a devorar cada página, indo de encontro à minha teoria de que esta mulher teve um papel determinante no cristianismo.




Nasceu para dar uma nova vida às sapatilhas que temos em casa, desafiando - através de aplicações - a criatividade e o estilo pessoal de cada um, de uma forma simples e económica. Chama-se WONDER LACES e é a primeira empresa portuguesa a dar resposta a uma nova tendência de moda estilizada. A WONDER LACES tem à frente Madalena Ruão Garcez, fundadora e gestora da marca que criou em Março deste ano. A responsável explica que a ideia surgiu pelo facto de ser uma apaixonada pelo mundo da moda e que, após um estudo de mercado, descobriu que não havia, em Portugal, nenhuma marca que disponibilizasse aplicações para calçado: “Perante a nova tendência de moda com recurso a aplicações, percebemos que existia uma lacuna no mercado português, uma vez que, não existia nenhuma marca com acessórios para sapatilhas. A WONDER LACES surge com esta missão e com o intuito de dar uma nova vida, não só, às sapatilhas, mas também, ao calçado em geral, de uma forma criativa, prática e económica. Atacadores, …

Amuletos e seu significado

Desde a Antiguidade que o Homem usa amuletos de proteção, cada um com a sua simbologia própria. Existem inúmeros, com as suas propriedades particulares mas uma coisa que nunca se podem esquecer é de os energizar, caso contrário não funcionam na perfeição.  Para isso basta passá-los por sal grosso em água corrente, deixa-los durante a noite a apanhar a energia da lua e, no dia seguinte, a luz do sol. Depois é usar de acordo com as necessidades, sem nunca deixar que ninguém lhes toque para não os "contaminar" com más energias. Aqui seguem alguns exemplos:



Elefante: muito usado para atrair riqueza e prosperidade. Algumas pessoas trazem-no na mala ou porta-chaves. O mais comum é ter em casa ou trabalho sobre a mesa. Em geral, ficam de costas para a porta de entrada, pois dizem que nesta posição atrai sorte.

Figa: é um dos amuletos de proteção mais usados em todo o Mundo, diz-se que começou por ser usada pelos Romanos e pelos Etruscos, que a associavam à fertilidade e que a usavam, p…

Os "duas caras"

Pior do que a crise económica é a tremenda crise de valores...isto é que eu já digo há mais de um ano e, cada dia que passa vou tendo provas de que a sociedade está mesmo no abismo...não pelas dificuldades financeiras (porque mais cedo ou mais tarde isso vai-se resolvendo) mas sim pelos princípios, carater e ideais que vai perdendo...o bom disto, se é que há alguma coisa de boa nisto, é que as máscaras não duram para sempre e chega a uma altura em que caem! Então aí vemos quem na realidade são esses seres que se pavoneiam por esta sociedade, armadas em santas, e, bem lá no fundo, valem zerooooooo!
De minha parte merecem o meu total repúdio e desprezo...mas esquecem-se de uma coisa...a lei do karma, a lei do retorno...porque tudo o que desejares ou fizeres de mal a alguém um dia cai em ti a triplicar...cá se fazem cá se pagam e como Deus onde está não dorme um dia vão sentir na pele todo o veneno que destilam por mim, pensando que os outros andam a papar sono ou nasceram ontem. O mal é…

O desafio da Preguiça Azul

Com a Internet a ser cada vez mais responsável pela criação de verdadeiras ondas de perigo e de casos de bradar aos céus, como a "Baleia Azul", cujo mentor já foi detido pelas autoridades e acho que na prisão já lhe acertaram o passo, levando ao suicídio de centenas de adolescentes pelo mundo, achei bem propositado a criação do desafio da Preguiça Azul para ver se os nossos jovens abrem bem os olhos, conseguindo distinguir os focos de perigo, não entrando em esquemas e jogos tão parvos e perigosos.


Feliz pelo Aves de antigamente...

Com carteira profissional de jornalista durante 15 anos, quase toda a minha vida foi dedicada ao universo do futebol, como jornalista desportiva, criando aqui e ali laços que perduram no tempo e amizades que ainda conservo. Portista de alma e coração tenho também clubes pelos quais aprendi a nutrir um carinho e respeito como é o caso do CD Aves, clube recentemente promovido à Liga NOS. Acompanhei de perto as últimas duas subidas, foi a autora do livro de comemoração dos 75 anos do clube e lá trabalhei como Assessora de Imprensa, tendo sido a responsável pelo renascimento da página no facebook e a criação do site oficial. Dois desafios aos quais me entreguei de corpo e alma, e que terão a minha marca para a eternidade. Por circunstâncias adversas, que nem vale a pena falar porque é uma perda de tempo, só tenho uma coisa a dizer: os homens passam mas o clube fica. Tenho saudades do Aves de antigamente, com pessoas dedicadas e genuínas, respeitadores, que vestiam e amavam aquela camisola…